Eu tenho um sonho
Propagar a Energia Olímpica

O sonho

As Olimpíadas remetem a heróis e trajetórias de muito esforço, bravura e superação. Carregam conceitos como coexistência e respeito e de transformação de vidas e das cidades que a recebem.

Deixar o registro dessas histórias para o Rio de Janeiro em um espaço inovador é o legado a ser deixado com a Nave Olímpica.

Junte isso à democratização de tecnologias, conexão digital e disseminação de conteúdo. Este é o sonho de aproximar experiências e histórias dos personagens olímpicos por meio da ciência e tecnologia, incluindo as comunidades em um universo de inovação e informação.

"Trabalhamos em parceria com outras secretarias, como Educação e Cultura, e com o Comitê Olímpico Internacional, com o objetivo de deixar uma referência para os visitantes sobre a realização da Rio-2016, focando em nossa especialidade: a tecnologia. Este é o primeiro Museu Paralímpico do mundo. Nem mesmo o de Lausanne, na Suíça, onde fica a sede do Comitê Olímpico Internacional (COI), aborda a história dos Jogos Paralímpicos como fazemos."


Maria Helena Cautiero

Coordenadora do projeto Naves do Conhecimento

CONSTRUÇÃO DO SONHO

A energia olímpica

A chama da Pira Olímpica foi a inspiração para o desenvolvimento do conceito que serviu de ponto de partida para o desenho da experiência. A energia, seja a gerada pelo fogo, a utilizada pelos atletas para performar ou a que vem das arquibancadas, foi representada no circuito expositivo e em todo visual do ambiente.

Para contar a história das Olimpíadas e de seus personagens, além das transformações pelas quais passou a Cidade Maravilhosa, a Nave Olímpica uniu tecnologias disruptivas, conteúdo atrativo e relevante e atrações lúdicas dentro de um espaço inovador.

Foram meses de pesquisas e de desenvolvimento para realizar o projeto de um espaço que pudesse estar à altura do maior evento esportivo do mundo.

Voo em Realidade Virtual

Área onde os visitantes podem sobrevoar a cidade e conhecer instalações olímpicas e pontos turísticos, como o Pão de Açúcar, utilizando óculos de realidade aumentada.

Atletas Famosos e Linha do Tempo Interativa

Uma Linha do Tempo interativa em tempo real e depoimentos de atletas Olímpicos e Paralímpicos.

Simuladores

Simuladores, onde o visitante viverá a experiência de ser um atleta olímpico ou paralímpico. Poderá disputar uma largada, testando sua velocidade comparada a de um maratonista, avaliar sua disposição em uma simulação de remo ou mesmo coletivamente, disputar uma corrida em bicicletas adaptadas para as Paralimpíadas.

Tecnologias

Construído com interfaces de comunicação e objetos midiáticos digitais intuitivos e lúdicos. A tecnologia é o meio pelo qual transmitimos valores de cidadania e de educação presentes nesta história olímpica.

Espaço de pesquisa e estudo capaz de irradiar, através de suas diversas interfaces tecnológicas, uma paixão pela relação entre esporte e ciência.

Cursos nas áreas de tecnologia da informação, infraestrutura de redes, produção gráfica, robótica, internet das coisas, design gráfico, web design, computação gráfica, produção de vídeo e fotografia, entre outras.

Robôs personificando os mascotes Tom e Vinicius para recepcionar e indicar os caminhos da Nave.

Viva o Esporte; soluções que permitem vivenciar o seu esporte favorito.

Inteligência Corporal ; solução que compara
a altura do visitante com de diferentes atletas
e indica quais modalidades ele melhor se encaixa.

Túnel de encerramento: Dá ao visitante a sensação de imersão no universo de paixão de transformação dos Jogos Rio 2016.

  • Cliente
  • Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro
  • Ano
  • 2016
  • Projeto
  • Museu Cidade Olímpica e Paralímpica

    Principais disciplinas envolvidas

  • Conceituação
  • Desenho do Espaço
  • Desenho Industrial
  • Desenho de Interface
  • Desenvolvimento de Software
  • Desenvolvimento de Games
  • Desenvolvimento de Filme em Realidade Virtual
  • Programação de Robô
  • Pesquisa
  • Produção de Conteúdo

Museu Olímpico

O Impacto

visitantes

27.218

visitantes cadastrados

3.965

(Dados coletados até 2017)